Caderno artesanal

Olá deslumbres!

Sempre tive minha religião como uma parte presente em minha vida e bem definida por mais que tenha ficado algum tempo longe da igreja mas passei por uma redescoberta da minha fé, diria até que realmente me converti e entendi a verdadeira importância da religião em minha vida há uns três anos e essa sensação só vem crescendo em mim a ponto de me mudar. Tenho aprendido muito sobre mim mesma e fico cada vez mais chocada por ter demorado tanto. No final do ano passado decidi fazer um diário devocional, estudar mais sobre aquilo que creio, refletir e ir anotando tudo, mas onde?

Comecei a minha busca de cadernos e agendas mas nada me agradava, queria algo especial. Então lembrei dos delicados cadernos artesanais, costurados à mão e ricos em detalhes. Tenho a impressão que são elegantes e chiques demais. Um caderno artesanal seria perfeito para o meu propósito e como todo produto feito à mão tem um custo maior que o simples, então me veio a ideia: fazer um!

Depois de ver muitos vídeos e pesquisar como poderia ser feito cheguei em meu modelo e fiz dois. E agora chega de conversa e vamos para prática?

Pra começar peguei 50 folhas A4 e dobrei no meio (sim tem que paciência). Depois juntei em cinco bloquinhos de dez folhas. Marquei na folha de fora 2,5cm de margem na dobra e depois de 2 em 2cm. Peguei uma embalagem de isopor velha pra usar de base. Abri as folhas em cima do isopor e com a ponta seca do compasso fui fazendo furinhos (esqueci de tirar foto nessa parte). Esse procedimento tem que ser feito nos cinco bloquinhos.

Com uma linha de costura fui fazendo um zigue e zague pelos buracos de cada bloco e por fim uni os blocos com costura na parte externa. Dividi uma A4 colorida e colei como uma capa nos blocos.

Imagem dos bloquinhos costurados
Bloquinhos costurados

Decidi fazer a capa com EVA, coloquei os bloquinhos em cima para medir e cortei (22x40cm). Risquei em uma folha de sulfite os lugares onde teria que fazer os furos no EVA e o desenho que gostaria de fazer e também usei o compasso para furar.

Sulfite desenhada com os lugares para os furos no EVA
Desenho para servir de base para o EVA e costura

Escolhi uma linha mais grossa das que uso para fazer frivolité e comecei de dentro de um bloquinho com um nó simples saindo pegando os furinhos do EVA. É bem demorado mas o resultado é gratificante.

Primeiro caderno costurado
Finalização do primeiro caderninho

No primeiro caderninho usei viés e um ganchinho para fechar. No segundo optei por uma fita de gorgurão e costurei um velcro para fechar. Achei que no primeiro a fita ficou fina demais. Para finalizar colei uma flor em frivolité. Confesso que gostei mais do segundo, aprendi fazendo o primeiro e tentei melhorar.

Segundo caderninho
Segundo caderninho pronto

Eu usei os materiais que tinha em casa mas com imaginação dá pra fazer coisas bem sofisticadas. Inspiração? Vou indicar uma que me deixou apaixonada: Oh, Katarina! Vale a pena conferir.

Até a próxima

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.