Você sabe o que é Frivolité?

Olá deslumbres!

Hoje estou aqui para falar de uma das minhas descobertas de artesanato na internet. Me digam: vocês já ouviram falar em frivolité?

Apesar de não sabermos ao certo quando surgiu acredita-se que essa técnica era utilizada por chineses e egípcios e levada à Europa pelos holandeses onde ficou muito conhecida no século XVI sendo usada como passatempo da elite inglesa. O primeiro registro físico da técnica foi em 1750 e é atribuído a Mary Granville. A palavra frivolité é de origem francesa e podemos encontrar também como frivolitê, no inglês: tatting.

Exemplo de renda em frivolité
Exemplo de frivolité – imagem do site:
http://www.viladoartesao.com.br – créditos à artesã

Mas em que consiste a técnica? O frivolité é uma renda e diferente do crochê ou do tricô não tem diversos pontos de base e sim apenas nós, isso mesmo: nós! Com linhas de algodão fazemos os nós e picôs formando arcos e pétalas (ou anéis e semicírculos).

Materiais para realizar frivolité: linha, navete, agulhas, alicate, pérolas a anzóis de brincos
Materiais para fazer frivolité

Além das linhas (eu gosto muito de usar os pequenos novelos da Cléa) precisamos de outros materiais: tesoura e navete ou agulha. Confesso que não consegui usar a navete, comprei a minha pelo Aliexpress e assim que chegou corri colocar a linha e ver vários vídeos que havia separado, mas foi só decepção. Não ficou nada parecido com o que as artesãs faziam.

Navete e agulhas de frivolité

Comprei um estojo com diversas agulhas, oito ou nove. Elas são mais compridas como uma agulha de boneca, possuem de 10 a 15 cm em diversas espessuras que são escolhidas de acordo com o trabalho que vamos fazer e a linha que iremos utilizar.

Brincos feitos a partir da mesma receita porém com tamanhos de linhas e agulhas diferentes.
Brincos, colar e pulseira em frivolité

Outros materiais que podemos utilizar vão de acordo com nossa imaginação. Para fazer brincos utilizo pérolas de diversos tamanhos e cores além dos ganchos ou pinos para a orelha fazendo-se necessário assim o uso de alicates.

Até a próxima!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.