Receita base e direitos autorais

Olá deslumbres! Tudo bem?

Estava fazendo um de meus amigurumis e pensei: por que não falar sobre essa receita maravilhosa na minha próxima postagem?

Bom, os amigurumis são junções de formatos diversos desde esfera até cone e coxinha. A grande artesã Márcia Scaepelli junto com Karina Peres criaram uma das receitas mais tops de todas usando como base um cone e uma esfera. Mas ao invés de vender (o que poderiam fazer e lucrar muito com isso) resolveram compartilhar com as demais artesãs e criaram o grupo do Facebook mais ético que conheço: Santinhas & Santinhos. Qualquer um pode pedir para ser adicionado no grupo e basta responder as perguntas e seguir as regrinhas que você terá muitas e muitas dicas.

Imagem da santinha pela receita base de Márcia Scarpelli
Padrão: Márcia Scarpelli e Karina Peres; Execução: Regiane Gaspar

Eu até comecei pela receita base criada por elas mas acabei parando, fiz outra e depois voltei. Mas como fiz outra? Simples. Imagina um lugar cheio de artesãos criativos e super colaboradores. Com base no padrão começaram as adaptações desde coroa, mantos até que a santinha virou um santo, um orixá ou personagens famosos. Por isso eu digo que esta receita é genial.

Modificação da receita da santinha por Regina Castelan Amadi


Padrão: Márcia Scarpelli e Karina Peres; Adaptação do manto: Regina Castelan Amadi; Execução: Regiane Gaspar

Como disse na postagem das bonecas, tendo a base cada artesão cria e faz suas adaptações de acordo com suas necessidades mudando o cabelo, a roupa e os detalhes que quiser e assim dá vida a um cone e uma esfera.

Adaptação da receita da santinha por Maria Beatriz Reis

Padrão: Márcia Scarpelli e Karina Peres; Adapção: Maria Beatriz Reis; Execução: Regiane Gaspar

Outra coisa bacana do grupo é a questão dos direitos autorais. Quem faz parte do grupo não compartilha a receita exatamente por não ser o dono da receita. As adaptações também são postadas nos arquivos e quem faz sempre dá os créditos ao artesão que modificou a receita. Exatamente: se o padrão não é seu e se você não inventou é seu dever dar os créditos a quem trabalhou duro para chegar em tal perfeição e fofura, dar créditos não diminui ou desvaloriza seu trabalho, então sempre que fizer algo coloque de onde vem a receita e quem criou.

Ainda não coloquei a mão na massa para fazer minhas modificações e criar novos personagens, mas ideias não faltam. Para quem gostou, entra lá no grupo e encontre várias pessoas dispostas a ajudar com toda paciência quem, como eu, que está iniciando na arte dos amigurumis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.